terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Retrospectiva 2016


#FicaPiffio: Inter encerrará 2016 devendo direito de imagem aos jogadores


Folhas de novembro e de dezembro serão deixadas pela gestão Vitorio Piffero a serem pagas pela nova direção do clube, que assume em janeiro

Assim que tomar posse, em 3 de janeiro, o novo presidente do Inter, Marcelo Medeiros, já terá contas a pagar. A sua gestão herdará alguns débitos importantes de Vitorio Piffero: empréstimos duas folhas de imagens a serem pagas aos jogadores, salários de funcionários terceirizados e parcelas de empréstimos bancários. Além de um déficit contábil que poderá se aproximar da casa dos R$ 50 milhões.

— Esperamos receber o clube sem dinheiro em caixa e com dívidas de pelo menos R$ 10 milhões em janeiro — comentou um integrante da nova direção colorada. — A situação é complicada, séria, e o Inter terá algumas dificuldades para começar o ano, isso é inegável. Talvez possamos equilibrar as contas a partir do segundo semestre — acrescentou ele.

Ainda que a temporada de 2016 não tenha sido encerrada, bem como os valores a pagar (e quase nada a receber) os cálculos da nova gestão do Inter não estão tão errados assim. Quem garante é Pedro Affatato, 1º vice-presidente eleito e vice de finanças da direção de Vitorio Piffero.

— Já conseguimos quitar os impostos, que venceram no dia 20, além de boa parte dos terceirizados e as férias do jogadores. Pagamos também a imagem de outubro dos atletas, mas a de novembro ficará para a próxima gestão pagar. E a folha de dezembro sempre é paga em janeiro. Também ficará para a nova gestão — disse Affatato.

A folha mensal do futebol profissional do Inter no segundo semestre de 2016 girou em torno de R$ 6,5 milhões. Somente a imagem, vale R$ 2,7 milhões, segundo Pedro Affatato. O vice de finanças confirma que a gestão buscou há pouco mais de um mês um novo empréstimo junto ao Banrisul, dessa vez na casa dos R$ 7 milhões, a fim de cumprir os compromissos de final de ano — em 2015, a gestão Piffero já havia buscado R$ 60 milhões em instituições bancárias.

— Já até começamos a pagar esse empréstimo. Não tivemos receitas extras, não vendemos jogadores. Tivemos apenas as luvas de R$ 40 milhões da TV (Esporte Interativo). Mas precisamos recorrer ao banco para atender os compromissos de final de ano e para evitar antecipar receitas de 2017. Sofremos lá atrás e não queremos que eles sofram também — justificou Affatato. — Tudo o que der para pagar a gente paga. O que não der, a gente deixa para amanhã — emendou.

Affatato reconhece que o Inter será entregue praticamente sem recursos de caixa e que precisará renegociar novas dívidas a partir de janeiro.

— Não há como negar, vai ficar muito pouco em caixa — admitiu Pedro Affatato. — Apesar de todas as dificuldades econômicas do país, terminamos o ano em equilíbrio. O problema do Inter é esse déficit mensal, que o clube precisa sofrer uma redução drástica no passivo. Há muitas contas deixadas para trás, a cada gestão, é algo histórico. Somente em 2016 precisamos comprometer mais de R$ 80 milhões em contas do passado. E o clube vai seguir comprometendo o seu dinheiro com o passivo por muitos anos ainda — concluiu o dirigente.

Inter já é a terceira maior torcida do RS.


Agora só serve para fazer fogueira


Sonda e o PDF


segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Torcida gremista segue com folga como a maior do Sul


Nem mesmo uma década de títulos seguidos do Internacional fez a torcida colorada superar em números a torcida gremista. Como de rotina, mais uma vez um instituto de pesquisa comprovou que o lado azul é a mais presente no Brasil e também na região Sul do País. Durante dez meses, entre março e dezembro de 2016, o instituto Paraná Pesquisas ouviu 10,5 mil pessoas e apontou o Grêmio com 3,5% dos aficionados pelo futebol (algo em torno de 7,2 milhões de torcedores), enquanto o rival colorado tem 2,7% (5,5 milhões).

Essa é mais uma pesquisa em que a torcida do Grêmio é majoritária em relação ao Inter. Em 2014, o Datafolha apontou o lado azul com 5% numa amostragem de 4.337 pessoas em 207 municípios brasileiros, enquanto o Inter ficou com 3%. No mesmo ano, o Instituto Datascript entrevistou 6 mil pessoas em 112 cidades do País, de faixa etária cima de 16 anos, destacando o Tricolor com 3,8% ante a 2,6% do Colorado.

Também em 2014, o Ibope, contratado pelo jornal Lance!, ouviu 7.005 entrevistados em todo o Brasil, a partir de dez anos de idade e, nela, o Grêmio tinha 3% perante a 2,8% do Inter. Os números variam, as metodologias de pesquisas podem ser diferentes, mas na maioria esmagadora desses levantamentos, fica provada a supremacia gremista sobre os colorados. Será que todo esses números estão errados? Muito difícil, uma vez que as pesquisas, apesar de não darem números exatos, apontam tendências.

Segundo o Torcedômetro, a torcida gremista também superou a colorada em número de sócios
No entanto, nem tudo é festa para o Grêmio, pois o Cruzeiro o superou nas últimas pesquisas e o Santos vem encostando. Ou seja, apesar a torcida tricolor ter crescido sim nesses 15 anos de jejum, cruzeirenses e santistas mostraram um embalo maior, sendo que esses sim comemoraram conquistas nos últimos anos. Já o Inter tem como sombra o Atlético Mineiro, já na frente em levantamentos do Paraná Pesquisas e também do Datascript.

Mesmo assim, vale louvar o crescimento da torcida gremista apesar desse período longo sem títulos. Essa liderança sobre o rival mereceria mais crédito da imprensa do que as mais de 3 mil adesões do quadro social do Inter desde o rebaixamento para Série B. Até porque, segundo o Torcedômetro, o Tricolor já tinha passado de 100 mil sócios antes do Penta da Copa do Brasil, ou seja, ainda durante os 15 anos sem uma conquista de expressão.

E, há alguns dias, o Grêmio ultrapassou o Inter, que atingiu 100 mil associados em 2009 no embalo de títulos, em números absolutos de associados.

Colorados ganharam um programa próprio no GNT


Gremista folgando no Beira-LIXO

video

Nem na praia eles poderão esquecer...


Inter X Oeste



Até o Adobe folga no Inter


Entrevista exclusiva com o Valdívia #pokoFutebol

video

Boa noite...


Em 🅱lumenau a zuera também não parou.


sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Nascido para jogar na B


La B


Camisa mais vendida de 2016


Vazou o pote do Inter para Libertadores 2017


Grupo Grêmio

Grupo 8:

- Grêmio
- Guaraní
- Zamora
- Deportivo Iquique
- Rever Contra

GARANTA UM AMIGO SECRETO NATALINO DIVERTIDO


Já to pensando no churrasco de 2017


Sorteio Inter


Novo Escudo do Inter


Adobe Acro🅱at

Adobe Acro🅱at

#PDFDay II

Esse Adobe Reader está a frente de seu tempo, ele muda as frases de local e também altera palavras de acordo com sua conveniência.

É uma versão nova do Adobe Acrobat, com IA - Ignorância Artificial, já que a natural não foi suficiente... 

#PDFDay

Objetivo de Buzzoni foi comprovar que houve adulteração no texto. À esquerda, e-mail de Buzzoni. À direita, o apresentado pelo Inter.


Clique na imagem para aumentar

A magia do PDF


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Vale a pena ver de novo: VAMOS RIR? INTERNACIONAL REBAIXADO PARA A SÉRIE B

Inter faz ação com sócios e oferece tatuagens gratuitas



Clube vai bancar 392 tatuagens a associados em dia em homenagem às adesões dos últimos dias

Mesmo com o rebaixamento à Série B do Brasileirão, o Inter viu aumentar seu quadro social nos últimos dias. No total, 3.143 colorados se associaram ao clube desde a confirmação do rebaixamento, no último dia 11. Por isso, o clube vai promover uma ação um tanto quanto inusitada nesta quarta-feira.

O Inter vai disponibilizar gratuitamente 392 tatuagens a sócios que estejam em dia. O número faz referência à média diária de novos associados dos últimos dias, e a tatuagem será em modelo único, conforme desenho acima.

Os sócios interessados precisam ter mais de 18 anos e comparecer no CAS (Central de Atendimento ao Sócio) do Beira-Rio, entre 10h e 18h desta quarta. A ação é uma parceria com a Black Stone, estúdio oficial de tatuagens do Inter.

Saiu o grupo do Inter na LA2017


Que ano hein. Além de rebaixadas, repetiram de ano em português


Pergunta / Resposta


Bora ouvir um pagode dos Rebaixadores do Ritmo


Evento cancelado


Vazou imagens do uniforme do inter para 2017. Baita jogada de marketing da Nike e do Banrisul.


Remendão e a Corrupção


Papo Dale X Seijas


"O campeão voltou"...ôpa pera, é o drone gente


segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Em 2018 vamos de Banguzinho no Brasileirão, Copa do Brasil passa a valer prêmio de até R$ 68 milhões


Com o novo contrato assinado para o período entre 2018 e 2022 abrangendo todas as suas mídia, a competição terá a partir de agora a maior premiação de sua história e também do futebol sul-americano: se passar por todas as fases, o seu campeão pode faturar até R$ 68,7 milhões, inclusive, mais do que o Brasileiro, que pagou R$ 17 milhões nesta temporada.

Serão R$ 50 milhões destinados ao vencedor, outros R$ 20 milhões ao vice-campeão, R$ 8 milhões aos clubes semifinalistas, além de R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final.

Ao contrário do que acontece na Série A, a CBF é a encarregada por fechar os acordos na Copa do Brasil e não os clubes.

O mesmo modelo se repete também na Série B.

"É um acordo histórico que valoriza muito a competição, em especial a participação dos clubes, que receberão cotas e premiações recordes em termos de América do Sul. O valor contratado alcança a expressiva marca de R$ 2,5 milhões, em média, por partida realizada. O montante que será pago ao campeão, por exemplo, pode equivaler a mais de um terço da receita anual de 14 dos 20 clubes da Série A do Brasileirão", explica, Rogério Caboclo, diretor executivo da CBF.

O Grêmio é o atual campeão da Copa do Brasil, que teve o seu formato modificado para o ano que vem, com as primeiras duas fases com partida única e a sua decisão sendo realizada em outubro.

As novas cifras entram em vigor em 2018.

Procurando time pra torcer na série A


Faroeste da B:A saga colorada rumo à segundona

Remendão da Beira-LIXO será remodelado para Serie B


Não tá facil nem pro #pokoGOL: Valdivia com a conta da net atrasada...


Vigilância sanitária do RS exibe novo selo que diferencia carne de primeira e carne de segunda.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...