quinta-feira, 13 de julho de 2017

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Torcedor do co-irmão deixando o Beira-Rio

video

Saiu a lista dos homens mais ricos do mundo e me chamou a atenção que um brasileiro saiu na lista pela 1ª vez:


1º EUA - Bill Gates - Microsoft

2º EUA - Warren Buffett - Berkshire

3º EUA - Jeff Bezos - Amazon

4º ESP - Amancio Ortega - Zara

5º EUA - Mark Zuckerberg - Facebook

6º MEX - Carlos Slim Helu - America Movil

7º EUA - Larry Ellison - Oracle

8º BRA - José Silva - Vidraceiro Beira-Rio

9º EUA - Charles Koch - Koch Industries

10º EUA - Michael Bloomberg - Bloomberg

sábado, 8 de julho de 2017

Trabalhadores chegando na Nike para produzir a camisa do Binter...

@fredel72

Nunca faturaram tanto: BRIO teve prejuízo de R$ 89 milhões em 2016

A  Holding Beira-Rio S/A ou apenas Brio S/A é a SPE (sociedade de propósito específico) criada no mês de junho de 2012 para comandar a remodelação do estádio Beira-Rio e vai administrá-lo pelos próximos 20 anos.

Em seu primeiro ano de operação, em 2014, foram R$ 17,190 milhões de prejuízo.

Em 2015  acabou saltando para R$ 30,456 milhões.

O balanço de 2016 apresentou um déficit de 89,1 milhões.

São mais de R$ 136 milhões de prejuízo nestes três anos.

Para o executivo Paulo Urnau Pinheiro, CEO da BRIO há um planejamento para 20 anos: “Não existe como apresentar lucro no terceiro ano de um projeto de 20 anos.” Lembrando que a BRIO paga parcelas mensais de um empréstimo de R$ 350 milhões.

A BRIO é formada por enquanto por dois sócios: a Holding Andrade Gutierrez e o banco BTG Pactual, ou seja, a SPE É DE 50% de cada um desses sócios. E tem escritório localizado próximo ao estádio, onde será a sua sede.

A Brio é também gestora do novo edifício garagem, das novas áreas de negócios do estádio e explora:
– o estacionamento no edifício-garagem;
– os 55 skyboxes ;
– Os 66 camarotes (do dota de 70, pois quatro são do clube)
– AS 5.000 cadeiras VIPS (setor da antiga social) ;
– parte das cadeiras de todo o estádio (cerca de 15%) ;
São cerca de 7.000 lugares no estádio.,
O Street Mall;
OS 66 bates do estádio, e toda a gastronomia do complexto
– o Naming Rigths (se houver), e a publicidade do estádio
Os eventos no estádio
O Sunset Beira-Rio.

Tudo tranquilo pros lados do Bêra


"Só meia dúzia de vagabundos" segundo a Rádio Gaucha

video

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Luan e a alternativa


Ex-vice de marketing do Inter diz que nova camisa havia sido reprovada


Ex-vice de marketing do Inter diz que camisa havia sido reprovada: "Pedimos um projeto diferente" 

Antes mesmo do lançamento oficial, a camisa do Inter está no centro da polêmica entre torcedores. Isso porque o novo modelo lançado pela Nike não agradou os colorados. E ao que tudo indica, também não foi do agrado da gestão passada, responsável pela aprovação ou não do uniforme. De acordo com Luiz Henrique Nuñez, ex-vice de marketing, o projeto apresentado no ano passado não havia sido aprovado: 

– Falamos que não estava legal. A Nike disse que pensaria em outras coisas e não chegaram a lugar nenhum. Eles escolhem e desenham. Nós vimos o projeto e pedimos um diferente, e não aconteceu – disse o ex-dirigente por telefone, que ainda questionou: – Por que acham que a entrega foi em julho?

De acordo com Nuñez, é praxe que a entrega dos uniformes aconteça em maio. E, por conta deste pedido de ajuste, teriam levado um tempo a mais. Na camisa, o desenho da faixa horizontal tem como inspiração um desenho estilizado das novas membranas da casa colorada.

O lançamento oficial da camisa acontece na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio. Sócios, convidados, jogadores e ex-jogadores farão um jogo festivo com os modelos vermelho e branco. 

sexta-feira, 30 de junho de 2017

O Copião de tudo prevê utilizar novo CT até 2020



Projeto terá a construção de um miniestádio e oito campos com dimensões oficiais

Uma solenidade no Palácio Piratini, na tarde dessa quinta-feira, marcou a entrega por parte do Governo do Estado da Licença de Instalação do Centro de Treinamento que o Inter pretende construir em Guaíba. O projeto prevê a construção de um miniestádio e oito campos com dimensões oficiais, entre eles um coberto. O complexo também contará com centro de imprensa, estacionamento e prédio administrativo, além de um “hotel” para receber cerca de 300 jovens jogadores. Como fica na margem oposta do Guaíba, pode ser acessado por barco partindo do Beira-Rio.

O plano do Inter é finalizar os projetos até o final do ano. Em 2018, mesmo com poucos recursos em caixa, está programado o início da obra, que será feita em etapas. Segundo a previsão dos dirigentes, a ideia é começar a utilizar o CT até 2020.

Quando estiver concluído, o local receberá os treinos tanto das categorias de base quanto dos profissionais. Assim, o CT de Alvorada, que é alugado, deixará de ser utilizado pelo clube. A proximidade entre todas as categorias facilitará o intercâmbio de informações entre as comissões técnicas, a integração dos métodos de trabalho e melhor aproveitamento dos jovens atletas.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Pensamento do dia

Mais vale um franguinho de vez em quando do que carne de SEGUNDA o ano inteiro.

Resumo futebolistico do final de semana

"GRÊMIO segue em SEGUNDO, INTER segue na SEGUNDA"

sexta-feira, 23 de junho de 2017

quinta-feira, 22 de junho de 2017

O Inter na Série B


01ª Rodada: Vamos subir invictos com 8 rodadas de antecedência

02ª Rodada: Vamos subir 

03ª Rodada: Paysandu é adversário difícil

09ª Rodada: Estamos com a mesma pontuação do 4º colocado

10ª Rodada: Jogar no Bento Freitas é sempre difícil

15ª Rodada: Não dá para tomar gol no final do jogo

19ª Rodada: Segundo turno tem que ser completamente diferente

23ª Rodada: Estamos a apenas 5 pontos do 4º colocado

27ª Rodada: De agora em diante, cada jogo é uma decisão

28ª Rodada: Nilmar vem para decidir

30ª Rodada: Torcida tem que acreditar até o fim

35ª Rodada: Time grande não cai para série C

38ª Rodada: Vamos ao STJD, Luverdense escalou um jogador irregular

Cade o procurador do STJD que não interdita o Beira-lixo depois da "invasão das cadeiras suicidas"?


sexta-feira, 16 de junho de 2017

A confirmar esta informação, os COPIÕES de TUDO vão ter que socar o seu título FIFA no c*


A Conmebol e a UEFA avançam na discussão da volta da Copa Intercontinetal, conhecida como Mundial interclubes. Ao mesmo tempo, o Mundial de clubes da Fifa está em questionamento e a tendência é que ou mude bastante seu formato ou acabe. Isso vai se definir nos próximos dois anos.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, entende que o modelo atual para o Mundial de clubes não é bem-sucedido. Sua intenção é fazer uma modificação. Mas há contrato até 2018 para a realização da competição nos Emirados Árabes. Depois, é um incógnita.
Em paralelo, a Conmebol e a Uefa avançam na discussão da volta da Copa Intercontinental em jogo entre os campeões dos dois continentes. Seria o mesmo formato da competição disputada por 43 edições que terminou em 2004.

É importante lembrar que o Intercontinental sempre foi organizado pela UEFA e pela Conmebol, sem participação da Fifa o que já gerou disputas políticas. Foi de fato o Mundial de clubes por mais de quatro décadas até as duas entidades fazerem um acordo para substitui-lo pelo Mundial da Fifa.

As duas competições só foram disputadas simultâneas em 2000. Por isso, há uma discussão se a volta da Intercontinental implicará no final do Mundial de Clubes. Não é certo qual será o formato final, mas é certeza de que o destino de uma competição está atrelado ao outro. E o futuro será definido nos próximos dois anos.

Fonte:Coluna Rodrigo Mattos - UOL

Inter, o clube do Calote FIFA: Não pagaram e perderam publicidade da caixa dágua do Salgado Filho

 

Daniel Zimmermann, dono da empresa que cuida do espaço publicitário que o Internacional perdeu no Aeroporto Salgado Filho apresenta uma outra versão diferente da mostrada pelo clube. Acontece que após os sucessivos atrasos e combinações não cumpridas por parte da direção colorada, o empresário comunicou que não podia mais tolerar transtornos no pagamento, afinal, ele também paga um percentual para a Infraero e estava tendo que colocar do próprio bolso.

Mesmo assim, depois de tentar modificar a data de pagamento estendendo o prazo do boleto, o pagamento do mês de maio não foi cumprido em dia e ele fez o que tinha sido acordado: enviou o documento da rescisão contratual e depois assinou com a cerveja Schin. Só que, após isso, o Inter pagou a quantia em atraso e também depositou o valor do último mês. Porém, como o contrato de encerramento já tinha sido enviado, este valor está sendo devolvido judicialmente para as contas do clube.

O problema agora é que a direção do Internacional alega que houve uma quebra de contrato unilateral, mas Daniel garante estar tranquilo pois tem farta documentação comprovando que realmente a parte do clube não foi cumprida.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Top of Mind indica Grêmio como o clube mais lembrado no Rio Grande do Sul: Tricolor superou o Inter em todas as regiões e classes sociais


O Grêmio foi mais uma vez o time mais lembrado na pesquisa Top of Mind 2017, da Revista Amanhã, divulgada na manhã desta terça-feira (13). De acordo com a publicação, o Tricolor superou o Inter em todas as regiões e classes sociais.

— O gremista, sabidamente, é um dos mais engajados do país, fato que o mantém ativo e, incondicionalmente, fiel à causa clubística — disse à revista Beto Carvalho, executivo de marketing do Grêmio.

A diferença do Grêmio para o Inter tem crescido nos últimos anos — 48% a 42,2% em 2015; 49% a 42,8% em 2016; 53,3% a 39,4% em 2017. O Grêmio foi o clube mais lembrado no Top of Mind pela 21ª vez.

Números de 2017:

Total: Grêmio 53,3% x 39,4% Inter
Classes A/B: Grêmio 53,8% x 41,1% Inter
Classe C: Grêmio 54,4% x 39,2% Inter
Classes D/E: Grêmio 50,5% x 38,8% Inter
Região Metropolitana: Grêmio 56,1% x 41,7% Inter
Interior: Grêmio 51,1% x 37,6% Inter

Mais Rápido, antes que mandem trocar a última garrafa!


@Minwer

terça-feira, 6 de junho de 2017

Sinalização Colorada


@BardahlComCanha:  Em Santa Maria colocaram essa sinalização para o buraco, o quer dizer ??? Cuidado para ñ cair ???

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Nada vai nos C-parar


Inter avestruz


Se isso não é uma confissão de que sabia o que estava fazendo eu nao sei o que é...


'Relatório bomba': STJD fecha investigação e pede expulsão do Inter do Brasileiro


O STJD concluiu o inquérito que apurava as suspeitas de falsificação de documentos por parte do Internacional, no caso Victor Ramos. A Comissão que investigou o clube entendeu que dirigentes e advogados usaram e-mails adulterados para tentar provar sua tese. Uma das punições sugeridas pela investigação é a expulsão do clube do Campeonato Brasileiro. O relatório tem sido tratado nos bastidores do Tribunal como uma "bomba". O inquérito também sugere a suspensão de dirigentes.

Entre as punições possíveis, estão o artigo 61 do Código Disciplinar da FIFA e o 234, da Justiça Desportiva Brasileira. A punição de expulsão está prevista na federação internacional como a mais grave possível para a infração de falsificação de documentos ou seu uso. Há também a possibilidade de o clube não poder contratar jogadores. No melhor dos casos, o clube pode receber apenas multa. A Procuradoria vai analisar o relatório e fazer a denúncia nos próximos dias. 

De multa a exclusão do campeonato; Gabriela Moreira fala sobre as possíveis punições ao Inter
Já o artigo 234 prevê suspensão de 6 meses até 2 anos. Estas seriam algumas das punições sugeridas aos dirigentes e advogados. Entre os apontados como culpados no relatório, estão o ex-presidente Vitório Píffero, e vice-jurídico, Gustavo Juchen. Mas o relatório também pede a condenação de advogados terceirizados do clube.

Durante todo o processo, o Internacional refutou com veemência que tenha adulterado os documentos. O clube também alegou que seus advogados foram impedidos de acompanhar a investigação e chegaram a ter um pedido de violação de prerrogativas avaliado pela OAB do Rio Grande do Sul. Em resposta, o STJD afirmou que o clube era investigado e não poderia ter acesso à íntegra das investigações.

Internamente, o relator do processo, o auditor Mauro Marcelo, tem sido exaltado pela profundidade de sua investigação. Ele teria ouvido diversos depoimentos, colhido provas técnicas, feito perícias. Ao todo, são três volumes de provas contra o Inter, afirmam.

No início do mês, o auditor esteve em Porto Alegre para interrogar Píffero e o vice-jurídico, mas ambos não foram ouvidos por terem outros compromissos. Na ocasião, o membro do STJD postou mensagens sugestivas em sua conta no Twitter, como comentários sobre o tempo nublado em Porto Alegre, com símbolos que faziam alusão à Justiça.

Na imprensa gaúcha, Mauro Marcelo é apontado como "homem de confiança" de Marco Polo Del Nero por ele ter presidido o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, quando o presidente da CBF era presidente da Federação Paulista. O auditor nega que tenha intimidade ou que sofra influência do dirigente.

A íntegra do documento foi divulgada na manhã desta quarta-feira. O relatório do inquérito será avaliado pela Procuradoria do STJD, que pode concordar ou não com os pedidos da investigação e encaminhar com seu parecer para julgamento final.

Leia abaixo a nota oficial do STJD

O Auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva concluiu na manhã desta quarta, dia 31 de maio, o inquérito sobre a falsificação de e-mails juntados pelo Internacional em dois processos no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol. De acordo com o relator, o Internacional não foi o responsável pela falsificação, mas fez uso dos documentos adulterados. Em sua conclusão, Mauro Marcelo opina pela denúncia do Internacional, do ex-presidente Vitório Piffero, ex-diretor jurídico Giovani Gazen, dos advogados do clube Felipe Baumann, Daniel Cravo, Rogério Pastl e Diego do Canto e do ex-gerente de Futebol do Vitória, Anderson Barros. Com a conclusão, o relatório será encaminhado para a Procuradoria da Justiça Desportiva.

No dia 7 de dezembro de 2016 o Internacional entrou no STJD do Futebol como terceiro interessado no caso Victor Ramos e reiterou a denúncia contra o Vitória por suposta escalação irregular do jogador. O clube gaúcho juntou como provas novas cópias de seis e-mails trocados entre a Diretoria de Registro e Transferência da CBF e o Vitória em conversa privada onde se discutia acerca da transferência do jogador (nacional ou internacional). Ciente da documentação, a CBF oficiou o STJD informando sobre a adulteração dos correios eletrônicos e com pedido de apuração da falsificação. Diante dos fatos foi aberta uma Notícia de Infração que resultou na instauração do presente inquérito 012/2017.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Dentre os 12 grandes, confira qual tem o melhor desempenho contra europeus na história

Vale lembrar que o critério usado para “melhor desempenho” pela Placar é a média de cada time, e não o número de jogos ou vitórias. Portanto, mesmo os clubes que têm muitas partidas e vitórias, como Vasco e Flamengo, podem ficar entre os últimos.

12. Vasco
O Cruzmaltino é brasileiro com mais jogos contra europeus - foram 237 partidas. Em 2000, o clube da Colina venceu o Manchester United por 3 a 1 no Maracanã, com direito a show de Edmundo e Romário.
237 jogos
114 vitórias
48 empates
75 derrotas
54,9% de aproveitamento


11. Internacional
O Colorado, campeão mundial em 2006, quando venceu o Barcelona, fez apenas 66 jogos contra europeus. Dentre os 12, é o que menos jogou, mas também o que menos perdeu.
66 jogos
29 vitórias
24 empates
13 derrotas
56,1% de aproveitamento


10. Flamengo
O Rubro-Negro tem 218 jogos contra os clubes do Velho Continente, atrás somente do Vasco. O clube foi campeão do Mundial em 1981, quando venceu o Liverpool por 3 a 0.
218 jogos
108 vitórias
46 empates
64 derrotas
56,8% de aproveitamento


9. Santos
O Santos realizou 189 partidas contra europeus e, com Pelé, foi bicampeão mundial contra Milan e Benfica nos anos 60.
189 jogos
114 vitórias
33 empates
42 derrotas
57,7% de aproveitamento


8. Botafogo
Com 164 jogos contra europeus, o Alvinegro é um dos brasileiros que mais jogou contra europeus. O clube chegou a enfrentar o Barcelona oito vezes.
164 jogos
82 vitórias
38 empates
44 derrotas
57,7% de aproveitamento


7. Atlético-MG
O Galo jogou 98 vezes contra europeus e, pela grande campanha feita em 1950, quando foi convidado para representar o Brasil no exterior, ganhou o título de "Campeão do Gelo".
98 jogos
49 vitórias
26 empates
23 derrotas
58,8% de aproveitamento


6. Cruzeiro
Com 73 jogos contra europeus, o Cruzeiro chegou a participar de dois Mundiais de Clubes, uma delas contra o Bayern München.
73 jogos
40 vitórias
14 empates
19 derrotas
61,2% de aproveitamento


5. Palmeiras
O Palmeiras tem 103 jogos contra europeus e alguns resultados de peso. O clube venceu a Copa Rio de 1951, contra a Juventus, e não perdeu para o Barcelona nos três jogos disputados, com duas vitórias e um empate.
103 jogos
56 vitórias
25 empates
22 derrotas
62,5% de aproveitamento


4. São Paulo
O Tricolor, tricampeão mundial, disputou 95 jogos contra clubes do Velho Continente. No Mundial mais recente, em 2005, o time foi campeão ao vencer o Liverpool no Japão.
95 jogos
53 vitórias
20 empates
22 derrotas
62,8% de aproveitamento


3. Corinthians
Bicampeão mundial, o Alvinegro tem 84 partidas contra europeus e um bom desempenho na conta. Em 2012, o clube venceu o Chelsea e levantou o caneco do Mundial de Clubes no Japão.
84 jogos
49 vitórias
16 empates
19 derrotas
64,7% de aproveitamento


2. Fluminense
O tricolor carioca fez 143 jogos contra equipes do Velho Continente, e tem em sua história vitórias como o 2 x 0 sobre o Real Madrid na final do Troféu Teresa Herrera, em 1985.
143 jogos
84 vitórias
30 empates
29 derrotas
65,7% de aproveitamento


1. Grêmio
O Imortal é o brasileiro com maior média contra europeus. Campeão mundial de 1983, o clube tem 84 jogos e 49 vitórias em partidas contra equipes do Velho Continente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...